Em 18 dias, mais de 75 mil pessoas foram testadas para Covid-19 no DF – Secretaria de Saúde do Distrito Federal



Na ocasião, foram 856 exames com resultado positivo para a doença

No dia em a capital federal completou 60 anos, a Secretaria de Saúde começou a testagem em massa, para a Covid-19, na população do DF. Até a última sexta-feira (15), foram testados 75.567 brasilienses e, em 856 exames o resultado foi positivo.
Ontem, 4.703 testes foram realizados, os quais resultaram em 63 diagnósticos para a doença. Para fazer o teste, o cidadão deve se cadastrar por meio do site testa.df.gov.br, preencher o cadastro e, em seguida, escolher o ponto em que fará a testagem. A visualização das vagas é disponibilizada até dois dias seguintes a data de marcação.
O drive-thru é exclusivo para pessoas sintomáticas ou que tenham histórico de contato com algum caso confirmado e residam com idosos, e que moram nas regiões administrativas abrangidas pelo local onde o posto está montado.
A realização do exame, que detecta a presença de anticorpos gerados pelo organismo para enfrentar o vírus, não descarta a necessidade de procurar uma Unidade Básica de Saúde na ocorrência de sintomas. Eles costumam ser detectáveis com maior segurança a partir do sétimo dia da exposição.
Confira os números desta sexta-feira e o acumulado das últimas semanas, por região administrativa:

15/05/2020 Testes realizados até o momento Resultados positivos Plano Piloto – Parque da Cidade 351 0 17.451 91 Águas Claras – Unieuro 573 3 17.650 130 Lago Norte – Iguatemi Shopping 438 1 4.695 13 Ceilândia – Iesb 489 17 5.968 123 Guará – ParkShopping 668 4 7.916 127 Gama – Bezerrão 361 15 3.201 65 Planaltina – Loja Maçônica 454 5 3.162 73 Taguatinga – JK Shopping 461 10 3.937 87 Samambaia – anexo da Administração Regional 465 2 2.322 27 Paranoá – estacionamento do Estádio JK 443 6 1.898 55 Sobradinho – Sesi Desativado Desativado 3.202 24 Lago Sul – Paróquia S. Pedro de Alcântara Desativado Desativado 4.165 41 Total 4.703 63 75.567 856

Texto: Johnny Braga, da Agência Saúde
Foto: Breno Esaki/Agência Saúde

Postar um comentário

0 Comentários