DIRETOR-GERAL DO DETRAN-DF DIZ QUE GDF SE PREPARA PARA DISTRIBUIR CNH PARA QUEM NÃO PODE PAGAR

Ele disse que o gesto de Ibaneis Rocha, ao criar o Programa de Habilitação Social do GDF, vai ao encontro das necessidades daqueles que mais precisam e que não tem como pagar pelo documento.

Em entrevista coletiva feita por videoconferência realizada pela “Sala de Imprensa ABBP”, ocorrida nesta quinta-feira (14/05), o diretor-geral do Departamento de Trânsito do Distrito Federal, Zélio Maia, informou que o governador Ibaneis Rocha sancionou a lei e se prepara para distribuir Carteira de Habilitação de graça a trabalhadores de baixa renda.
Após ter sido aprovado em segundo turno pela Câmara Legislativa no último de 28 de abril, de autoria do Executivo local, a lei 944/2020, foi sancionada pelo governador Ibaneis Rocha, faltando apenas ser regulamentada o que deve ocorrer o mais rápido possível.
O anúncio foi feito pelo diretor-geral do Detran-DF ao conversar com jornalistas e blogueiros da ABBP por videoconferência.



O diretor-geral do Detran apontou que um dos mais graves problemas do país é a pobreza e que ela tem que ser combatida. Para ele, o DF, como não poderia deixar de ser, tem uma quantidade de pessoas em estado, não de miséria, mas de necessidade extrema preocupante.
Ele afirmou que um dos compromissos do governador Ibaneis é o de vencer a batalha contra o desemprego, fato bastante preocupante por causa da pandemia provocada pelo coronavírus.
A iniciativa do governador, segundo o gestor do Detran chega em um momento em que o desemprego atinge milhares de famílias no DF e muitas pessoas ficam sem trabalhar ou porque não consegue pagar para ter uma carteira de motorista, ou até mesmo para renová-la.
“Com a regulamentação da lei os cidadãos de baixa renda, que quiserem tirar a Carteira de Habilitação Nacional (CNH) definitiva, poderão fazê-lo de graça”, explicou Maia.
Segundo Zélio Maia o programa vai atender todas as categorias de habilitação, incluindo motos (A), automóveis leves (B), caminhões (C) e ônibus ou micro-ônibus (D), além de garantir curso, treinamento e emissão do documento sem custo a pretensos condutores inscritos em programas de Assistência social.

Postar um comentário

0 Comentários