Lula é convidado para jantar com caciques do MDB

 


 A convite de caciques do MDB, PETISTAS e MDBISTAS, se reúnem em um jantar na residência do ex - senador Eunício Oliveira em Brasília para discutir candidatura de Simone Tebet. Caciques do MDB iniciam manobra para inviabilizar a candidatura de Tebet, para apoiar a candidatura de Luiz Inácio Lula da Silva.  

De acordo com o senador Renan Calheiros, esse não é um encontro de dissidentes, o jantar é suprapartidário, porque não reuni só mdbista e petista, mais senadores de outas siglas, entre os quais, Katia Abreu (PP-TO), Randolf Rodrigues (REDE-AP), Otto Alencar (PSD-BA).

Segundo foi noticiado nos meios de comunicação, a ideia do encontro é reunir senadores propensos a apoiar Lula já no primeiro turno. De acordo com o senador Renan, o encontro foi marcado por sugestão da deputada Gleisi Hoffman presidente nacional do PT. 

Decidimos convidar todos os senadores que já apoiam Lula, independente de corrente partidária, isso não é uma reunião do MDB, disse Renan. O senador tem razão quando fala que o jantar não é uma reunião do MDB, mas não deixa de soar como um movimento para tentar inviabilizar a candidatura de Tebet.

Numa época muito distante (1989), o velho Ulysses Guimarães lançou-se candidato a presidente da república, o velho guerreiro viu-se abandonado pelos seus companheiros de partido, PMDB, conseguiu com muita luta viabilizar sua candidatura. No início da caminhada o velho guerreiro viu seus aliados se debandarem.

Na reeleição do ex - presidente Lula no ano de 2006, o ex - governador Anthony Garotinho que naquela altura era do PMDB, tinha o desejo de disputar a cadeira de presidente da república, apesar de fazer greve de fome e tentar outras manobras para conseguir sua indicação para ser o candidato do partido, foi derrotado na convenção e teve sua candidatura impedida pelos caciques do partido. Naquela ocasião o PMDB apoiou o projeto de reeleição do petista.

Parece que com a senadora Simone Tebet não vai ser diferente, é provável que possa acontecer o mesmo que aconteceu com o ex - governador Garotinho, ter a candidatura impedida pelo seu próprio partido MDB.

Da Redação: Notícias do DF           


       

Postar um comentário

0 Comentários