MP do Paraguai pede suspensão de processo contra Ronaldinho Gaúcho




O Ministério Público do Paraguai apresentou um pedido solicitando a suspensão do processo contra Ronaldinho Gaúcho e o seu irmão, Roberto de Assis, informa o Estadão.
Ronaldinho e Assis estão presos em Assunção há cinco meses, acusados de usarem passaportes falsos para entrar no país.
A solicitação do MP deve ser analisada pela Justiça paraguaia nos próximos dias. Se for aceita, os dois ficarão livres para retornar ao Brasil após pagarem multa de US$ 200 mil, sendo US$ 90 mil referentes a Ronaldinho e os outros US$ 110 mil a Assis.
O ex-jogador e seu irmão e empresário foram presos no dia 6 de março. Em abril, depois de ficarem em um presídio de segurança máxima, os dois pagaram fiança de US$ 1,6 milhão e foram transferidos para prisão domiciliar em um hotel da capital paraguaia.

Postar um comentário

0 Comentários