Paranoá recebe mutirão de combate ao Aedes aegypti


A população do Paranoá recebeu um mutirão contra o Aedes aegypti, promovido por mais uma edição do programa Sanear Dengue. Ao todo, 125 agentes de Vigilância Ambiental e 15 militares do Corpo de Bombeiros vistoriaram residências e orientaram os moradores a como impedir a proliferação do mosquito transmissor da #dengue e outras arboviroses. 🦟
“Eles foram distribuídos nas áreas mais críticas do Paranoá. O fumacê foi passado no início da manhã e larvicidas colocados nas residências e comércio. O objetivo principal é orientar a população para eles perceberem a importância do seu papel para eliminar o mosquito”, informou o diretor da Vigilância Ambiental, Edgar Rodrigues.
O gestor lembrou que moradores precisam aproveitar o período de #quarentena durante a pandemia para inspecionarem com mais frequências suas residências. “Temos que continuar combatendo a Covid-19, mas temos que lembrar da dengue, para diminuir sua incidência na região. Ela também é um importante problema de saúde pública”, ressaltou ‼️

Conforme o mais recente boletim epidemiológico semanal, o Paranoá registrou 288 casos prováveis de dengue neste ano. Em todo o Distrito Federal, já foram notificados 24.418 casos prováveis da doença, com 14 óbitos.
Já cuidou do seu quintal hoje?
Acesse matéria completa:

Postar um comentário

0 Comentários