Interferência de Bolsonaro na PF será arquivada, diz Mendonça


“Temos total segurança que, em breve, esse inquérito será arquivado”, disse o ministro.
O ministro da Justiça e Segurança Pública, André Mendonça, afirmou, neste domingo (17), que o inquérito do Supremo Tribunal Federal (STF) que investiga se o presidente da República, Jair Bolsonaro, tentou interferir indevidamente na Polícia Federal (PF) será arquivado.
Em entrevista ao programa “Poder em Foco”, no SBT, Mendonça declarou:
“Não há qualquer elemento indicativo de ilícito e temos total segurança que, em breve, esse inquérito será arquivado.”
Questionado sobre como tem tanta certeza do arquivamento da investigação, o ministro respondeu:
“Pelo histórico que eu tenho com o presidente da República, em várias situações, ele sempre nos deu total liberdade; por acompanhar há um ano e meio a postura republicana dele no trato da coisa pública; por sempre cobrar de todos nós fazer o certo; por sempre cobrar dos órgãos policiais uma repressão e um combate efetivo à criminalidade; e por todo contexto que está no entorno da história do presidente da República, tenho total convicção que esse inquérito será arquivado.”
A investigação contra Bolsonaro tem como base as acusações feitas pelo ex-ministro Sérgio Moro ao deixar o cargo.

Postar um comentário

0 Comentários