Bolsonaro sobre Copa América: Japão vacinou 3% e fará Olimpíada

 


Presidente questionou as críticas à transferência do campeonato de futebol para o Brasil

Em conversa com apoiadores nesta segunda-feira (7), o presidente Jair Bolsonaro fez um paralelo entre a realização das Olimpíadas no Japão e a Copa América no Brasil. 
O chefe do Executivo usou os dados da vacinação nos dois países para questionar as críticas à transferência do campeonato de futebol para terras brasileiras.
– Japão 3% foi vacinado com a segunda dose, e vão fazer Olimpíada. Copa América aqui não pode, quer dizer, não querem, né? – comentou o presidente.
Segundo dados do Our World In Data, até esta sexta-feira (4), o Japão completou a imunização de 4,3 milhões de pessoas dentre seus 126,3 milhões de habitantes, o que corresponde a 3,4% de pessoas vacinadas com as duas doses. Ao todo, foram 17,2 milhões de vacinas administradas. 
O país se manterá em estado de emergência até o dia 20 de junho para conter o índice de contaminações.
No Brasil, o índice de pessoas imunizadas com as duas doses está em 10,8%, o que equivale a 22,9 milhões de pessoas entre 211 milhões de brasileiros. O total de doses aplicadas até o momento está em 71,7 mil.

A transferência emergencial da Copa América para o Brasil em meio à pandemia despertou críticas, e levantou a hipótese de a Seleção Brasileira não disputar o torneio como forma de boicote. Porém, a falta de consenso entre outras Seleções sul-americanas fez com que o protesto dos jogadores brasileiros não fosse adiante, e eles decidissem disputar o torneio, segundo informações do Globo Esporte.
O anúncio oficial só deve ocorrer, contudo, após a partida contra o Paraguai nesta terça-feira (6), pelas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo.
A Copa América inicia-se no próximo domingo (13), em partida do Brasil contra a Venezuela no estádio Mané Garrinha, em Brasília, às 18h. Já os Jogos de Tóquio ocorrem de 23 de julho a 8 de agosto.


Postar um comentário

0 Comentários