baneis prevê 2021, um ano difícil por conta do desemprego provocado pela Covid

 

A manifestação do governador foi feita após o ato de posse da nova composição da Mesa Diretora da Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF)

O fim do auxílio emergencial, oferecido pelo governo federal, tornará 2021 muito difícil para os brasileiros, segundo previsões feitas pelo governador do Distrito Federal Ibaneis Rocha nesta sexta-feira, primeiro dia do novo ano.

O governador disse que o desemprego pode aumentar com o fim da ajuda dada para a grande parte da população diretamente afetada pela crise causada pela pandemia.

No entanto, Ibaneis disse que se anima com a expectativa da vacinação em massa, contra a Covid 19, que deve ocorrer entre final de janeiro e início fevereiro, o que irá permitir a retomada da economia e do convívio social no DF.

Ele afirmou também que o seu governo não irá pegar ninguém na marra para se vacinar e acredita que a população está consciente da necessidade de tomar a vacina para vencer a pandemia que afeta a economia no mundo e que ceifou milhares de vidas. “A vacina é a única arma para derrotar a covid”, disse.

Apesar das previsões negativas, com o fim do auxílio emergencial do governo federal, o chefe do Executivo local garantiu que o seu governo injetará mais recursos na economia do DF, por meio das grandes obras previstas para este ano, e reforçará os programas sociais como o “Prato Cheio”e aumentar a distribuição de cestas básicas destinadas para 50 mil famílias.

“Nós vamos precisar injetar muitos recursos, principalmente em infraestrutura, onde se geram muitos empregos, e fazer a parte do governo, gerando emprego por meio das obras que vamos colocar na praça a partir dos primeiros dias de janeiro”, afirmou Ibaneis.


Fonte: Radar DF 

Postar um comentário

0 Comentários